Vitorianos aventuraram-se no futsal… de 11

Vitória Clube de Santarém prossegue invicto na liderança do Campeonato de Iniciados após goleada expressiva aos campeões em título

Vitorianos aventuraram-se no futsal… de 11

A equipa de iniciados do Vitória Clube de Santarém prossegue imponente na sua incansável perseguição pelo único título distrital que falta no palmarés do clube no âmbito do futsal jovem! No último sábado, na Nave Municipal de Santarém, os pupilos de Ivo Costa entusiasmaram a plateia com a prática de um inovador futsal… de 11: na recepção ao CD Os Patos, campeão do escalão nas últimas temporadas, os vitorianos aplicaram demolidores 11-3, cimentando o 1.º posto da classificação do Campeonato Distrital da categoria.

Diante do conjunto proveniente do Rossio ao Sul do Tejo, e com a tarefa de manter 5 pontos de vantagem em vésperas de visitar o reduto do 2.º classificado (desafio agendado em Coruche para este sábado, às 16h00), o Vitória exibiria uma das suas piores faces na primeira metade do desafio, permitindo que, pela primeira vez esta temporada, um opositor recolhesse às cabinas galvanizado com um resultado positivo.

Apesar de um absoluto domínio azul, oscore ao intervalo situava-se em 2-2. No entanto, no descanso, o técnico Ivo Costa traçaria com mestria o rumo a tomar, e a máquina vitoriana começou, enfim, a carburar. Num ápice, artistas e operários deram as mãos para protagonizar um espectáculo enleante, frenético, entusiasmante, do melhor que se pode visionar nas quadras do futsal distrital. Em sucessivas jogadas colectivas envolventes, concluídas quase sempre com toques de perlimpimpim dos mágicos de serviço, os golos do Vitória suceder-se-iam em catadupa, e o empate registado ao intervalo rapidamente adquiriu roupagem de goleada: 11 golos aos campeões em título… é obra!

Neste encontro, Ivo Costa apostou em Paulo Nunes, Miguel Oliveira, Jony (2), Bernardo Bernardino (1) e Eduardo Carvalho (3); Bernardo Garcia (1), Diogo Madeira, João Peitaço (1), Miguel Tomé, Pedro Santos (1), Diogo Gonçalves (1) e João Francisco (1).

 

Sporting visita Santarém

No âmbito nacional, escreveu-se mais um capítulo na aventura dos juvenis na presente edição da Taça Nacional da categoria: o Vitória, de Hugo Frazão, deslocou-se no passado domingo a solo algarvio, para defrontar o CDR Pedra Mourinha (Portimão). E, apesar da boa réplica exibida no primeiro tempo (2-2), os vitorianos acabariam traídos pelo enorme desgaste inerente à operação, saindo derrotados por 2-7.

Logo nos primeiros segundos, Rodrigo Cotrim inaugurou o marcador, colocando o valioso opositor em sentido. A reacção seria, porém, assertiva, com a reviravolta a consumar-se ainda nos minutos iniciais. Depois, e antes do descanso, Miguel Garcia, com apontamento de classe, daria o último sinal da graça vitoriana antes de um penoso arrastar até final da partida.

Menção, todavia, para o brilhante trajecto realizado esta temporada pelos escalabitanos, que têm conduzido o nome do concelho de Santarém a alguns dos maiores palcos do futsal nacional: no próximo domingo, dia 24 de Abril, às 16h00, é a vez de vestir o papel de anfitrião, recebendo na Nave Municipal o todo-poderoso Sporting Clube de Portugal na última ronda desta fase da competição.

E Portimão, o Vitória alinhou com Luís Guedes, Francisco Sousa, Rodrigo Cotrim (1), Luís Menino e Miguel Garcia (1); André Witsel, Diogo Takuara e Rúben Frazão.

 

Em infantis, regresso aos triunfos dos campeões distritais nas passadas três temporadas: na sempre árdua deslocação à Freixianda, para defrontar o GD Ribeira Fárrio, o Vitória Clube de Santarém saiu incólume de um autêntico temporal de golos, após jogo de loucos: 7-6 foi o resultado.

Após adquirirem surpreendente vantagem madrugadora de 5-0 (!), os comandados de Ivo Costa mergulharam, porém, num período amorfo, desligado, permitindo ao adversário uma épica recuperação para 5-5, já no segundo período.

Porém, um incremento de atitude e o despertar do brio vitoriano salvariam a tarde, com Duarte Nunes e João Portugal a fecharem o marcador.

O Vitória alinhou com Diogo Delgado, Rodrigo Ramos, Miguel Neves (3), Xavi Malpique (1) e Tomás Pinho (1); João Portugal (1), Rúben Santos, António Sezões, Duarte Nunes (1) e Joana Limeiro.

 

Resultados do futsal do Vitória CS:

Traquinas: Futalmeirim, 1 – Vitória CS, 0; Eléctrico FC, 1 – Vitória CS, 1; NS Torres Novas, 2 – Vitória CS, 0;

Infantis:  Ribeira Fárrio, 6 – Vitória CS, 7;

Iniciados: Vitória CS, 11 – CD Patos, 3;

Juvenis: Pedra Mourinha, 7 – Vitória CS, 2.

Lido 7006 vezes