Talento vitoriano para Jorge Braz ver

Dois atletas do Vitória Clube de Santarém integraram estágio da primeira Selecção Nacional Sub-15 de Futsal, perante o olhar do seleccionador nacional “A”

Experiência inesquecível para os dois futsalistas do Vitória Clube de Santarém recém-convocados para o mais elevado patamar competitivo do seu escalão etário: durante três dias, entre os passados dias 29 de Abril e 1 de Maio, Eduardo Carvalho e Paulo Nunes integraram oprimeiro estágio de sempre da Selecção Nacional de Futsal Sub-15, vivenciando o privilégio de integrar o rol de melhores atletas portugueses da sua geração.

Carregando às costas as bandeiras do Vitória e do concelho de Santarém, os dois vitorianos evoluíram, no Centro de Estágios de Rio Maior, às ordens de uma equipa técnica da Federação Portuguesa de Futebol liderada pelo professor José Mendes, mas acompanhada de perto pelo seleccionador nacional “A”, Jorge Braz, que integrou no terreno as quatro sessões de treino ministradas em intensos três dias, um período para o qual está reservada uma assoalhada de imortalidade no sótão de recordações dos que os experienciaram.

No leque de atletas eleitos, louve-se a visibilidade do Vitória Clube de Santarém, um dos únicos seis emblemas com honras de figurar em dose dupla na convocatória, aspecto em que apenas foi suplantado pelos gigantes SL Benfica (três selecionados) e Sporting CP (três) e pelo campeão da AF Porto, o Caxinas Poça Barca (cinco).

Dentro da quadra, apesar do natural nervosismo, os vitorianos souberam explanar os argumentos qualitativos que mereceram o piscar de olho federativo, com o pé esquerdo de Eduardo Carvalho a luzir no epicentro dos 29 atletas que exibiram os seus dotes no Pavilhão Municipal de Rio Maior, assim como os reflexos de Paulo Nunes, cuja fulgurante evolução competitiva desde a sua chegada ao Vitória CS culminou nesta presença no lote dos quatro (!) melhores guardiões do País na sua categoria.

Cumprido o sonho luso, os dois atletas regressam agora às rotinas do seu clube, preparando-se para amanhã, sábado, dia 7 de Maio, adicionar o título de campeões distritais de iniciados aos seus já ricos palmarés, bastando aos 100% vitoriosos líderes apenas um ponto na recepção ao Casal do Grilo.

O escalabitano Paulo Nunes, de 15 anos, estreou-se desportivamente no futsal vitoriano, em 2012, enquanto infantil, tendo-se sagrado bicampeão no escalão. Além da iminente conquista em iniciados, esta temporada inscreveu já o seu nome no rol de vice-campeões de juvenis.

Quanto a Eduardo Carvalho, o príncipe de Alcanhões, também de 15 anos, nado e criado no Vitória, chegou ao clube em 2011, tendo vindo desde então a assumir-se paulatinamente como um dos valores mais sólidos do clube e do futsal distrital. O esquerdino apresta-se amanhã para somar o seu quarto título de campeão distrital em cinco épocas de clube (um em benjamins, dois em infantis e, tudo o indica, um em iniciados).

Aproveite a oportunidade para apreciar o talento destes e dos outros craques vitorianos: amanhã, 16h00, na Nave Municipal de Santarém.

 

Benjamins e infantis demolidores 

Nos entretantos destes capítulos de impacto nacional promovidos pelo emblema azul, vão emergindo novas fornadas de atletas que têm alimentado a paixão pelo futsal a partir do berço. Nas restantes provas oficiais ainda a decorrer em 2015/16, muitos golos para adepto vitoriano ver e saborear: os benjamins deslocaram-se ao reduto do FutAlmeirim, nas Fazendas de Almeirim, e golearam por 13-0, enquanto os infantis bateram na Nave Municipal o CA São Vicentense por expressivos 10-2.

Os benjamins, já campeões distritais, dão assim mais um passo seguro rumo a novo títulooficial, liderando já o Torneio de Encerramento da AF Santarém. Este foi o 18-º triunfo em igual número de desafios oficiais já disputados esta temporada, um argumento inequívoco nahora de anunciar com propriedade mais uma geração de ouro no futsal do Vitória Clube deSantarém.

Neste último encontro, balançaram a rede Gui Casaca (4 golos), André Paulo (3), CarlosBernardino (2), Simão Moteiro (2), JP e António Quito, tendo alinhado ainda Alex Pereira e Gil Costa. No próximo domingo, 8 de Maio, às 11h00, na Nave Municipal, recepção ao CA SãoVicentense para a 3.ª jornada da prova.

 

Já os infantis, também envolvidos no respectivo Torneio de Encerramento, continuam a palmilhar recta final de luxo, após período algo acinzentado a meio da temporada. Este último encontro em casa, diante do CA São Vicentense (formação diante da qual os vitorianos haviam tropeçado há poucas semanas), foi a evidência perfeita de que a magia se solta quando a atitude se alia ao talento.

O tridente composto por Duarte Nunes (4 golos), Xavi Malpique (2) e Miguel Neves (1), que vale, para já, 99 golos oficiais em 2015/16, voltou a estar em plano de destaque, num colectivo globalmente inspirado: Tomás Pinho (1), António Sezões (1) e Rúben Santos (1), Rodrigo Ramos e Diogo Delgado.

A última ronda do Torneio de Encerramento disputa-se amanhã, na Nave Municipal, pelas 18h00, frente ao GD Ribeira Fárrio.

Lido 2656 vezes